Uma palavra de saída!

Cada uma destas palavras permitirá o encadeamento de ideias e de saberes,

numa feliz avaliação da oralidade. Bom trabalho!

Escrita curta:

Um parágrafo para cada palavra

Vale a pena ler os comentários!

ligação       presságio     empatia            família       sofrimento    mudança     projeto     mundo    realidadepalavra    crítica               viagem    pensamento    sonho  delicadeza    espaço    valores    verdade         natureza    água    sociedade     coração argumento    história    tragédia    razão         infância    casa    imitação     proteção           

Anúncios

25 thoughts on “Uma palavra de saída!

  1. Atualmente, as pessoas tendem a ser menos delicadas umas com as outras. Desde pequenas, começam por ser mais arrogantes, mais egoístas e não se preocupam com os outros para atingir os seus fins. As pessoas tornam-se menos sensíveis à medida que envelhecem, devido aos obstáculos que a vida lhes coloca e acabam por perder a delicadeza, o que torna a sociedade mais fria.

    Gostar

  2. Mudança

    Nos tempos de hoje, as pessoas estão em constante mudança, quer seja de habitação ou de hábitos. Uns mudam de hábitos e habitação para obter um novo fôlego na sua vida, enquanto que outros mudam para quebrar a rotina.

    Gostar

  3. VALORES

    Os valores estão a ser, de uma maneira geral, perdidos. O que nos é incutido, enquanto crianças, nomeadamente a dignidade, o respeito pelos outros e por nos nós próprios está a ser esquecido pela maioria das pessoas. Já não sabem o que fazem, mas, principalmente, já não sabem quem são. Os valores definem o que cada um é.

    Gostar

  4. As pessoas, atualmente, agem e fazem escolhas pela razão, muitas vezes erradas mas também certas, por exemplo, a escolha de acabar com a fome ou o conflito no mundo. Não há possibilidade de determinar qual é a escolha certa, mesmo optando pela razão.

    Gostar

  5. Realidade

    Muitas pessoas sonham demasiado e não encaram a realidade corretamente. Não digo que sonhar é mau, mas é preciso ter os pés bem assentes na terra. Nos dias de hoje, a realidade é quase que virtual, pois, pegando num exemplo em que está junto um grupo de amigos, quase todos, se não a totalidade dos indivíduos, estão com os respetivos telemóveis, ou a jogar ou a mandar mensagens. Deve-se conviver inocentemente sem tecnologias, de modo a aumentar a proximidade, o toque, o carinho, a união e a verdadeira felicidade com os outros. Sozinhos vamos mais rápido e juntos chegamos mais longe.

    Gostar

  6. Pensamento
    Nos dias que correm , não existe tempo para parar. Tudo o que se faz é feito a mil à hora, seja no trabalho, seja em casa, ninguém para para pensar. É preciso refletir sobre o que se passa em redor, mas também sobre as nossas atitudes para com os outros. Se pararmos, poderemos ir mais longe.

    Gostar

  7. As múltiplas faces da família

    A família é a unidade básica da sociedade. É composta por um grupo de pessoas, relacionadas afetiva e emocionalmente, e afigura-se como um núcleo de compreensão, respeito mútuo e bem-estar, mantido coeso pela sua fraternidade.
    Ao longo do tempo, o conceito de família tem vindo a ser alterado, modernizado. Nos dias que correm, para alguns, a família não passa de uma associação de pessoas, frias e individuais, demasiado narcisistas para se preocuparem com os outros. Os filhos, que supostamente são fruto do amor dos seus pais, transformam-se em mais uma boca para alimentar e numa espécie de invenção concebida para alcançarem objetivos.
    Todavia, nem todas as pessoas são tão egoístas e, especialmente as mais humildes, dão uma grande importância e exibem uma forte afetividade para com os seus familiares, preocupando-se acerca do seu bem-estar e, por isso, exibindo um grande altruísmo. Para eles, o limite entre as suas vidas pessoais e familiares é muito ténue, estando unidas. Esses indivíduos fazem da felicidade dos outros a sua própria felicidade, sendo os mais íntegros representantes do conceito original de família e os pilares mais estáveis da nossa sociedade.

    Gostar

  8. Presságio
    Nos dias de hoje, os ambientalistas têm muitos presságios sobre o futuro, nomeadamente relacionados com a natureza.
    Graças aos novos conhecimentos sobre o universo, apesar de muito poucos, conseguimos prever, com exatidão, alguns fenómenos como, por exemplo, eclipses.
    Os médicos também conseguem ter pressentimento sobre as condições de um doente ou de como a doença vai evoluir e, por vezes, até certezas.
    Os analistas das bolsas ganham dinheiro com pressentimentos, assim como os apostadores em geral, devido a presságios.
    O ser humano não gosta de surpresas e como tal tem as máquinas certas,assim como os conhecimentos, para tentar perceber ever o que irá acontecer.

    Gostar

  9. A Água
    A água tem um significado de pureza e clareza.
    Estas são duas características que a humanidade devia ter em geral.
    Atualmente, a humanidade encontra-se cheia de corrupção e ganância, por isso, devíamos olhar mais a água e tentar ser como ela. Mas a humanidade faz o contrário, poluindo-a, tornando-a turva e escura, como se escondesse alguma coisa.
    O mundo precisa de mudança, precisa de água!

    Gostar

  10. Tragédia:

    Nos dias de hoje, há muitas pessoas descontroladas. Não sei a que se deve isso, mas suspeito que seja devido à crise económica em que vivemos. Muita gente, ao ver que a sua vida, está acabada, fazem as maiores barbaridades possíveis: assassinatos, vandalismos, suicídios, destruições em massa, violações e agressões. Parece que as pessoas perdem os valores que lhes foram transmitidos através dos pais, das escolas e do convívio em geral, devido a esta crise. Sei que existem muitos indivíduos que já podem ter nascido com algum grave problema mental ou que a sua educação não tenha sido a melhor… No entanto, penso que não seja tal razão para que pratiquem este tipo de ações.
    Espero que as gerações futuras consigam obter no mundo uma paz total em que não haja nenhum tipo de crime cometido mesmo, tendo consciência de que isso será quase impossível.

    Gostar

  11. Infância
    Hoje em dia, a infância não é nada comparada com a de antigamente, porque, por exemplo, no tempo que corre, o trabalho infantil não é permitido. Temos todos o direito à escolaridade e a ajuda necessária para que, no futuro, seja possível arranjar um emprego que nos dê sustento. Atualmente, a infância não é tão saudável, pois nos tempos remotos as brincadeiras eram feitas ao ar livre. Presentemente, as crianças comunicam virtualmente, o que pode ser prejudicial à saúde. Devíamos todos parar para pensar nas crianças que neste momento nada têm e começar a dar valor aos nossos ideais e, acima de tudo, ter humildade. Concluindo, quem não valoriza a infância, não valoriza o “ser pessoa”, porque o ciclo da vida perpassa mundos e “a infância que construímos é a velhice que projetamos”.

    Tatiana Santos N°27 11°1

    Gostar

  12. SOCIEDADE

    A sociedade contemporânea está em constante decréscimo, em termos valorativos e culturais, há já alguns anos. Cada vez mais, as pessoas não se interessam pelo conhecimento, pelo respeito para com os outros; cada vez há mais desconfiança e antipatia. As crianças e adolescentes nas escolas não anseiam por aprender sempre mais, mas por deixar a escola o mais depressa possível. A atitude das pessoas, umas para com as outras é também de grande distanciamento e frieza; não há empatia e por isso, penso que para alcançar uma melhor e mais unida sociedade, as pessoas deviam mostrar quem realmente são e aquilo em que genuinamente acreditam, sem o receio do que outros possam pensar.

    Gostar

  13. Sonho, o que é isso hoje em dia?
    Os sonhos já não são o que eram. Quando eu era criança, eu sonhava, sonhava com brinquedos que gostava de receber, sonhava com o que queria ser quando fosse grande e até sonhava com os meus próprios sonhos. Atualmente, as crianças sonham ou até já não sonham; sonham em ter tablets e jogos para computadores e consolas, os sonhos de hoje não passam disso. Outras não sonham, porque vivem na miséria, porque são maltratadas e algumas mortas antes de saberem o que é sonhar. Mas entre estes tipos de crianças, as que mais sonham são as que vivem na miséria: sonham em crescer, em tirar os pais dessa miséria e em terem uma vida boa, com comida na mesa, amor e felicidade.
    Afinal, todos nós sonhamos, uns mais do que outros, uns de uma maneira e outros de outra mas o que é certo é que as crianças de agora já não sonham como as crianças da minha altura.

    Gostar

  14. Ligações
    Hoje em dia, há muitos tipos de ligações. Existem ligações entre pais e filhos, entre marido e mulher, entre amigos e até já existem ligações virtuais. Estas últimas estão, muitas vezes, a pôr em causa as restantes ligações. Ao estarmos constantemente ligados ao mundo virtual, vamos perdendo o verdadeiro contacto com as pessoas, fazendo com que sentimentos, como empatia e compaixão, estejam comprometidos. Torna-se, também, mais difícil abrirmo-nos às pessoas no mundo não virtual. Por ouro lado, através do mundo virtual é possível mantermos contacto com as pessoas que tanto vivem a dez metros de nós como aquelas que vivem a quilómetros de distância. Penso, por isso, que as ligações estabelecidas no mundo virtual, tal como todas as outras coisas, têm os seus pontos negativos e positivos, mas que, usados com moderação, são benéficas.

    Gostar

  15. Poderia começar por dizer o que é a natureza em geral, mas, no meu ponto de vista, não há uma definição padrão. Para mim, esta palavra remete para tudo o que me rodeia, tudo o que até hoje eu sou. Atualmente, o espaço natural está em decadência, por ser desrespeitado. Os fogos propositados, predominantes nas épocas mais quentes, ou até o simples facto de encontrarmos lixo espalhado pelos espaços públicos são exemplos de desrespeito pela natureza. O que muitas vezes nos esquecemos é que se não existissem espécies fotossintéticas, inicialmente marinhas, as radiações ultravioletas invadiam a Terra, impedindo a existência de vida naquela. Será justa a atitude que temos para com o nosso planeta?

    Gostar

  16. Na atualidade, felizmente, a delicadeza não é apenas associada às mulheres, mas sim àquele que é capaz de viver em harmonia e de compreender o outro sem nunca o magoar. É aquele que é generoso, forte e pensa nos direitos e no bem-estar dos que o amam como se fosse ele próprio. Enfim, delicado é aquele que em poucas palavras consegue chegar-te ao coração

    Ass: Liliana Lopes
    11°3

    Gostar

  17. A palavra realidade está relacionado com a atualidade na medida em que as pessoas, por vezes, preferem viver na fantasia a assumir o que realmente está a acontecer. Por outro lado, a população dos países desenvolvidos não conhece a realidade do que é viver num considerado 3° mundo, onde só há guerra, pobreza e dificuldade. Essa palavra também pode ter uma ligação com os sonhos dos homens e mulheres, o que nem sempre corresponde à realidade, mas não deve ser esse o motivo para as pessoas deixarem de ser sonhadoras.

    Gostar

  18. O que eu posso dizer sobre imitação é que ela está muito presente nos dias de hoje. Todos imitam alguém ou alguma coisa, seja a imitar o programa de televisão ou um penteado. Do meu ponto de vista, temos que ser mais originais e não copiar tanto, porque se imitarmos sempre, ao sermos todos iguais, o mundo vai tornar-se muito monótono. Contudo, ao sermos diferentes, podemos tornar o mundo melhor.

    Gostar

  19. Infância, uma palavra que lembra a muita gente felicidade, diversão, liberdade. Mas infelizmente, isto não acontece com todas as pessoas pelo mundo fora.
    A nossa infância é o melhor momento das nossas vidas, ou seja, para quem cresce numa boa família, num ambiente de amor, paz e felicidade. O que muita gente não sabe, ou não quer saber, é que a maioria das crianças no mundo vivem uma vida miserável; não têm comida, roupa, amigos, família, amor, carinho, todos os aspetos de que uma criança realmente precisa para viver e ter uma infância com boas memórias.
    Não merecem todas as crianças a sua própria felicidade?

    Gostar

  20. Quando somos abordados pela palavra história no nosso dia a dia, rapidamente nos vem à memória os livros com histórias dentro ou a história nacional ou os factos históricos. Esta palavra sempre foi interpretada como algo relacionado com o passado, mas quer isso dizer que ela nada tem a ver com o presente? Será que, tal como nos livros, não se pode mudar a história?

    Gostar

  21. Espaço, uma palavra que se relaciona com muitos aspetos da atualidade, sendo estes: espaços frequentados pelas pessoas, criação necessária de zonas verdes e de convívio e, em último lugar, a vontade de ter um espaço pessoal. Hoje em dia, promover os locais onde possamos estar com os amigos, a família e até mesmo ter os animais é muito importante e necessário. Claro que respeitando sempre as regras desses lugares. Também é imprescindível que o ser humano tenha o seu próprio espaço, que lhe permita primeiro conhecer-se a si próprio, para depois ser capaz de deixar outras pessoas entrarem e partilharem o seu mundo. Seremos nós capazes de respeitar o nosso planeta, aquele onde crescemos e fomos felizes?!! Tenta. ESPAÇO não falta; dedica-te e constrói um mundo melhor!

    Gostar

  22. Nos dias de hoje, a palavra proteção foca diversos problemas da sociedade atual. Violência doméstica, necessária proteção dos direitos humanos e até as próprias leis dos países podem ser sinónimo de proteção. No entanto, escolhi o tema da educação dos dias de hoje.
    Considero que as crianças, hoje em dia, não têm tanta liberdade como antigamente. Digo isto porque raramente as vemos a brincar na rua como em outros tempos.
    Poderá isto ter a ver apenas com o aumento da taxa de criminalidade ou com a influência excessiva da tecnologia?

    Gostar

  23. Razão… Nós, insignificantes seres vivos, gabamo-nos de a possuirmos, dizemos ser mais do que as outras espécies, por esse motivo… Contudo, infelizmente, afirmarmos ser dotados desta capacidade não significa que a saibamos utilizar. Será possível que, enquanto uma leoa acompanha sempre o seu filho, o alimenta, o protege e o ensina a sobreviver até que este saiba manter-se vivo sozinho no seu habitat, um homem mate o seu filhote, pequenino e indefeso? Porquê gerar conflitos e guerras se podia tudo ser resolvido de uma forma pacífica? Porquê matar inocentes que nada têm a ver com os problemas existentes entre países? Porquê matar em nome de um Deus? Qual o sentido de menosprezar determinados grupos pela sua cor ou pelo seu género, por exemplo? Estamos entregues à sorte, ou deverei dizer aos selvagens seres humanos? Não, preferia estar entregue ao mundo selvagem, natural, pois é aí que o uso da razão, na sua essência, parece existir. Contraditório, não?!

    Gostar

  24. O projeto é algo que sempre esteve atual. Contudo, nestes últimos tempos, a sua importância tornou-se mais notória, devido a um aumento quer de competitividade, quer de exigência. O projeto é base de uma atividade. A concretização de uma ideia é o reflexo daquele. Fazendo agora uma analogia com uma casa: se esta não tiver bons pilares, desaba. Se, da mesma forma, uma ideia não tiver um projeto que a sustente, certamente será mal sucedida.

    Gostar

  25. Sofrimento
    A palavra “sofrimento” envolve, infelizmente, a sociedade de hoje em dia. Nos países de terceiro mundo, a não satisfação das necessidades básicas das pessoas remete para uma profunda tristeza, provocando sofrimento. Mesmo nos países desenvolvidos, este vocábulo manifesta os sentimentos das pessoas, pois, muitas vezes, por causa da crise económica, são criados conflitos dentro das próprias famílias. Por outro lado, mesmo lidando com estes problemas da sociedade, é possível alcançar a alegria e a felicidade, na medida em que possuir menos bens materiais nos pode ajudar a encontrar aquilo que é, realmente, imprescindível na nossa vida. Devemos parar e pensar: vamo-nos deixar conduzir pelo sofrimento?
    Ana Sofia, 11º3

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s