Os Maias – uma obra imortal

Imagem 3Os Maias têm-se tornado um livro cada vez mais apreciado ao longo dos tempos. Com vista a proporcionar um melhor contacto com a referida obra, a Escola Secundária de Gondomar organizou uma visita de estudo ao Auditório Municipal de Gulpilhares, onde foi representada a peça adaptada da obra queirosiana.
O romance foi consideravelmente bem encenado, tanto a nível das personagens como dos adereços. Os atores mantiveram-se fiéis à história, como se pôde verificar, por exemplo, no desempenho de João da Ega, que interpretou de uma forma muito humorística o seu papel, como acontece na obra. Por outro lado, verificámos que a participação na peça de Afonso da Maia foi escassa, relativamente à importância que este tem na narrativa.
Também as roupas usadas se revelaram adequadas à época em que a história está inserida (século XIX). Os cenários permaneceram constantes ao longo da representação, deixando transparecer a simplicidade dos mesmos.
A representação provocou risos na plateia, visto que o elenco era muito divertido e interagia muito com o público. Em relação à linguagem utilizada, esta era tanto cuidada como informal, pois tinha como objetivo o entretenimento e motivação dos estudantes.
No nosso ponto de vista, a encenação foi muito bem conseguida e, definitivamente, valeu a pena!

Helena e Catarina, 11º 3

Cá para nós: A última palavra do texto (“pena”) remete para a polissemia ou homonímia? Porquê?

Anúncios

4 thoughts on “Os Maias – uma obra imortal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s