A Palavra Mágica

 NANadir Afonso

Certa palavra dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.

Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.

Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond de Andrade, in ‘Discurso da Primavera’

Anúncios

2 thoughts on “A Palavra Mágica

  1. É bom que nunca desistamos de encontrar a nossa palavra secreta, a tal “certa palavra” do Drummond. Mas, para isso, é necessário também que conheçamos e amemos as palavras. Ora, esta é uma das razões que justifica a existência da aula de língua materna (e não só). Conhecer e amar as palavras!

    Desejo a todos os alunos que têm também aula nas “Letras não são tretas” que persistam na demanda da sua língua e da sua palavra oculta…

    Felicidades e parabéns pelo blogue.
    Isaura Afonseca (doravante, IA)

    PS: Já agora deixo também a Mariza com as palavras do O Neill, disponível em:

    Gostar

    • Obrigada, Isaura, por mim e pelos alunos.
      Amanhã, vamos dedicar um tempinho da aula aos trabalhos partilhados no blogue. Eles vão gostar da mensagem e da voz da Mariza.
      Parabéns também pelo vosso “Bem-vindo ao Paraíso”. É muito vivo e dinâmico. E não tivessem os teus alunos a sua Professora Isaura!
      Beijinhos
      D.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s